Rede Hits FM

MACAÉ
ITAPERUNA
SJB / CAMPOS
PUBLICIDADE

Rio das Ostras: Fundação monta espaço instagramável no Jazz & Blues Festival

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Share on email

Rio das Ostras: Fundação monta espaço instagramável no Jazz & Blues Festival


Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Share on email
Festival froc no jazz
Foto: Divulgação
Festival froc no jazz
Foto: Divulgação

Com o tema “Tem Jazz & Blues até no Fundo do Mar”, a Fundação Rio das Ostras de Cultura (Froc) vai inovar mais uma vez na sua participação no Rio das Ostras Jazz & Blues Festival, considerado o maior festival do gênero da América Latina e também o principal evento cultural do Município.

A novidade da 18ª Edição do Festival será o espaço instagramável montado pela Froc na Cidade do Jazz. Com uma decoração voltada para o mundo subaquático e com personagens marinhos formando uma banda, o público vai poder utilizar a área para tirar fotos como se fosse parte do grupo musical que está participando do Festival. Uma equipe de servidores da Casa de Cultura Bento Costa Jr e da Fundição de Artes e Ofícios está criando as peças, que vão compor os instrumentos utilizados pelos “músicos”, como o saxofone, o teclado e o baixo, além da decoração com corais e águas marinhas e instalações artísticas criadas pelo artista plástico Paulo Gonçalves.

Um grupo de atores estará caracterizado e estilizado como personagens do fundo do mar passeando pela Cidade do Jazz, convidando as pessoas para conhecer o espaço da Fundação.

A área cultural também vai contar com a exposição de artistas da Cidade, apresentando o seu material de divulgação do Clube do Vinil com a comercialização de LPs de vinil e o som ambiente entre as atrações; um estande com peças relativas ao Festival para o público comprar e guardar de lembrança e um espaço específico do Ateliê Vera Luzente, com um artesanato voltado para identidade cultural de Rio das Ostras.

O grupo de artesãos que compõe o Ateliê vem se reunindo e estudando a história do Município, sob a mentoria do artista plástico e servidor da Fundação, Rodrigo Pontes. A ideia do Ateliê é fazer um material que venha criar um link afetivo no desenvolvimento de peças que tenham a nossa identidade, a identidade de Rio das Ostras e não peças que possam ser encontradas em qualquer lugar.

As peças do Ateliê são exclusivas e relativas a Rio das Ostras para que as pessoas que as adquirirem possam sempre lembrar da nossa Cidade com carinho. Para garantir isso, nos reunimos e estudamos a história do Município para que cada um deles possa escolher que segmento vai seguir. É o momento do artesanato de Rio das Ostras crescer, aparecer e ser valorizado como ele merece”, acredita Rodrigo Pontes.

De acordo com a presidente da Froc, Cristiane Regis, a ideia de fazer um espaço instagramável nesta edição é fazer com que as pessoas se sintam parte integrante do evento. “Além de curtir o Festival, o público vai poder fazer fotos no nosso espaço como se fosse parte do espetáculo que estamos produzindo. Vamos manter o espaço do Clube do Vinil, o dos artesãos do Ateliê Vera Luzente e o dos artistas da nossa Cidade para que eles possam apresentar o seu trabalho e comercializar sua arte para um grande público que sempre marca presença no Festival”, explicou a presidente.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Share on email
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Share on email
PUBLICIDADE

Destaques do dia
PUBLICIDADE
Fique sabendo
PUBLICIDADE
Promoções
Podcasts
PUBLICIDADE