Rede Hits FM

MACAÉ
ITAPERUNA
SJB / CAMPOS
PUBLICIDADE

Rio das Ostras: Adolescentes já podem tomar a 3ª dose contra Covid

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Share on email

Rio das Ostras: Adolescentes já podem tomar a 3ª dose contra Covid


Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Share on email
Vacina
Foto: Divulgação
Vacina
Foto: Divulgação

O Calendário Vacinal de Covid-19 em Rio das Ostras passa a incluir a 3ª dose para adolescentes a partir de hoje, 6 de junho.

As idades serão divididas por dia, começando com as pessoas de 17 anos, na segunda, e mantendo a sequência até a sexta, quando se imunizam os adolescentes de 13 anos. Seguindo o cronograma, as pessoas de 12 anos receberão a 3ª dose no dia 13 de junho, já na semana seguinte.

Confira o cronograma semanal na tabela abaixo.

A imunização contra Covid continua concentrada no Polo do Iate Clube, no Centro, das 8h às 16h.

Além dos adolescentes, a Cidade segue oferecendo Repescagem para todos os públicos da campanha, respeitados os intervalos recomendados entre as doses.

CALENDÁRIO SEMANAL DE VACINAÇÃO COVID-19 (6 a 10 de Junho)

3ª DOSE PARA ADOLESCENTES

Segunda, 6 de junho – 3ª dose para pessoas de 17 anos
Terça, 7 de junho – 3ª dose para pessoas de 16 anos
Quarta, 8 de junho – 3ª dose para pessoas de 15 anos
Quinta, 9 de junho – 3ª dose para pessoas de 14 anos
Sexta, 10 de junho – 3ª dose para pessoas de 13 anos

REPESCAGEM

De segunda a sexta – 1ª, 2ª, 3ª e 4ª doses para pessoas a partir de 12 anos
De segunda a sexta – 1ª e 2ª doses para crianças de 5 a 11 anos

HORA E LOCAL

8h às 16h – Polo de Vacinação no Iate Clube, Centro

INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE A VACINAÇÃO

DOCUMENTOS – Para a criança receber a vacina será necessário apresentar os seguintes documentos: Certidão de Nascimento ou identidade; CPF ou Cartão do SUS; Comprovante de residência e Caderneta de vacinação da criança, considerando a necessidade de avaliação técnica sobre o intervalo recomendado entre a vacina Covid-19 e as demais vacinas do Calendário Nacional de Imunização (15 dias).

RESPONSÁVEIS – Os pais ou responsável legal devem estar presentes no ato da vacinação. Em caso de ausência desses, um adulto poderá acompanhar a criança portando a autorização de consentimento por escrito (modelo de declaração disponível nos Polos de Vacinação Pediátrica). Não será necessária receita médica para vacinar a criança.

CRIANÇAS – A Secretaria de Saúde destaca a importância de completar o esquema vacinal das crianças entre 5 e 11 anos. A cobertura para essa faixa etária ainda está abaixo da meta e pais e responsáveis precisam levar as crianças ao polo de vacinação para protegê-las da Covid.

QUEM JÁ TEVE COVID – Mesmo as pessoas que já contraíram a Covid-19 devem ser vacinadas, já que a duração da proteção natural gerada pela doença é desconhecida. No caso de quadro positivo para Covid, a vacina só deve ser aplicada após o completo restabelecimento da saúde e, no mínimo, quatro semanas após o início dos sintomas.

IMUNOSSUPRESSÃO – Entende-se por pessoas com imunossupressão (imunocomprometidos) aqueles que possuem as seguintes condições: Imunodeficiência primária grave; quimioterapia para câncer; transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH); uso de drogas imunossupressoras; pessoas vivendo com HIV/AIDS; uso de corticoides em doses ≥ 20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥ 14 dias; uso de drogas modificadoras da resposta imune; auto inflamatórias; doenças intestinais inflamatórias; pacientes em hemodiálise e pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas.

INTERVALOS

2ª DOSE – Atenção aos intervalos recomendados para receber a segunda dose (maiores de 12 anos): vacinados com Pfizer – 21 dias após a primeira dose; vacinados com Astrazeneca – oito semanas após a primeira dose; vacinados com Coronavac – 28 dias após a primeira dose; vacinados com Janssen – 2 meses após a Dose Única.

A imunização de crianças entre 5 a 11 anos deve obedecer aos seguintes intervalos: vacinadas com Pfizer Infantil – oito semanas após a primeira dose; vacinadas com Coronavac – 28 dias após a primeira dose.

3ª DOSE – Para receber a terceira dose, os intervalos são os seguintes: população vacinada com Astrazeneca, Coronavac ou Pfizer: 4 meses após a segunda dose; Imunossuprimidos: oito semanas após a segunda dose; gestantes e puérperas: quatro meses após a segunda dose.

4ª DOSE – Devem receber a quarta dose, pessoas com 60 anos ou mais e pessoas com imunossupressão, maiores de 12 anos, que receberam a 3ª dose há mais de quatro meses. Aqueles atendidos pelo Serviço de Assistência Especializada (SAE) serão vacinados no próprio SAE e os demais devem se dirigir ao polo de vacinação.

ROTINA – Importante lembrar que não é necessário intervalo entre vacinas contra a Covid-19 e as demais vacinas de rotina ou de campanhas para a população maior de 12 anos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Share on email
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Share on email
PUBLICIDADE

Destaques do dia
PUBLICIDADE
Fique sabendo
PUBLICIDADE
Promoções
Podcasts
PUBLICIDADE