Rede Hits FM

MACAÉ
ITAPERUNA
SJB / CAMPOS
PUBLICIDADE

Macaé: Estratégia reforça enfrentamento à risco de epidemia da dengue

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Share on email

Macaé: Estratégia reforça enfrentamento à risco de epidemia da dengue


Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Share on email
Foto: Pablo Machado
Foto: Pablo Machado

O cenário de aumento de casos de infecção de dengue registrado por Macaé neste ano define uma nova estratégia organizada pela prefeitura, com o objetivo de reforçar o enfrentamento aos focos de proliferação do mosquito aedes aegypti.
Em reunião realizada nesta terça-feira (10), as equipes da Secretaria de Saúde avaliaram dados referentes ao contágio e notificação de novos casos da doença e traçaram ações necessárias para reduzir o índice de infestação do vetor.

O objetivo principal desta nova ação é reforçar o alerta junto à população sobre a importância da identificação e eliminação dos focos de proliferação do Aedes aegypti.

“O alerta principal está na vigilância dentro das nossas casas, onde o número de focos do mosquito é preocupante. Precisamos desta atenção e apoio da população para eliminar os pontos de proliferação do mosquito, rompendo assim o ciclo de transmissão”, destacou o Secretário de Saúde, Alexandre Cruz.

O risco iminente de pandemia de dengue, associado ao aumento das notificações de novos casos registrados nas unidades de Saúde do município, eleva a responsabilidade do poder público e da sociedade em promover ações de enfrentamento ao mosquito.

Por isso, a estratégia discutida na reunião visa reforçar a fiscalização de descarte de resíduos em estabelecimentos comerciais locais, ações de conscientização da população de forma domiciliar, mutirões de limpeza nos bairros e novas campanhas educativas nas escolas e nas redes sociais.

“A proposta é realizar uma grande força tarefa para reforçar as campanhas de conscientização da população e promover, também, ações de recolhimento de resíduos voltadas a eliminar focos do Aedes aegypti. O cenário é de alerta para todos”, ressalta a Gerente de Vigilância em Saúde, Elenice Sales.

O encontro realizado hoje contou com a participação das equipes das Vigilâncias de Saúde, Epidemiologia e Ambiental da Saúde, além de representantes da Guarda Ambiental e das secretarias do Ambiente e Educação.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Share on email
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Share on email

Destaques do dia
Fique sabendo
Fique sabendo
PUBLICIDADE
Podcasts
Promoções
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Fique sabendo
PUBLICIDADE
Promoções
Podcasts
PUBLICIDADE