Rede Hits FM

MACAÉ
ITAPERUNA
SJB / CAMPOS
PUBLICIDADE

Itália apreende superiate Scheherazade após suspeita de ligação com Putin

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Share on email

Itália apreende superiate Scheherazade após suspeita de ligação com Putin


Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Share on email
O Ocean Victory. Iate tem de 459 pés Foto: Reprodução
O Ocean Victory. Iate tem de 459 pés Foto: Reprodução

O governo italiano determinou nesta sexta-feira a apreensão do superiate Scheherazade, avaliado em US$ 700 milhões. A embarcação está ancorada na Marina di Carrara, na Toscana, e é alvo de investigação porque há suspeita de que estaria ligado ao presidente da Rússia, Vladimir Putin.O Ministério da Economia e Finanças da Itália informou em comunicado que as investigações mostraram que o proprietário do barco tinha ligações com “elementos proeminentes do governo russo”.

A nota também afirma que a pessoa que possui e usa o iate tinha vínculos com indivíduos sancionados pela UE em 17 de março de 2014 em resposta à anexação russa da Crimeia.

A polícia italiana tentava desde março descobrir quem é o dono do Scheherazade. Conforme o jornal New York Times, o capitão do navio, o britânico Guy Bennett-Pearce, se recusou a responder questionamentos sobre a movimentação mais recente, apesar de já ter dado entrevistas sobre o assunto anteriormente.Um ex-tripulante disse que o navio pode estar pronto para zarpar imediatamente, mas que primeiro passará por testes no mar para verificar todos os equipamentos. Algo comum para um navio em reparo e, neste caso, parado no porto desde setembro.Em março, o capitão Bennett-Pearce disse ao Times que o proprietário do navio — que ele não identificou — não estava em nenhuma lista de sanções. Já um ex-tripulante, sob condição de anonimato, afirmou ao jornal que os funcionários do navio discutiram abertamente que o verdadeiro dono do Scheherazade era Putin.

No início de março, autoridades americanas disseram que o iate tinha ligações com Putin, sem oferecer detalhes. Uma equipe de jornalistas que trabalham para o líder da oposição russa Alexei Navalny obteve uma lista de membros da tripulação e apontou que muitos deles eram funcionários da agência russa que trabalha na segurança de Putin.Itália corre contra o tempo para descobrir dono do superiate após suspeita de ligação com Putin

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Share on email
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Share on email
PUBLICIDADE

Destaques do dia
PUBLICIDADE
Fique sabendo
PUBLICIDADE
Promoções
Podcasts
PUBLICIDADE