Rede Hits FM

MACAÉ
ITAPERUNA
SJB / CAMPOS
PUBLICIDADE

Ex-STF, Marco Aurélio diz que não há crime de Bolsonaro ao perdoar Silveira

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Share on email

Ex-STF, Marco Aurélio diz que não há crime de Bolsonaro ao perdoar Silveira


Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Share on email
Marco Aurélio
Foto: Fellipe Sampaio/SCO/STF
Marco Aurélio
Foto: Fellipe Sampaio/SCO/STF

O ex-ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Marco Aurélio Mello disse que o presidente Jair Bolsonaro (PL) não cometeu o crime de responsabilidade ao perdoar o deputado federal Daniel Silveira. Na perspectiva do ex-magistrado, Bolsonaro está exercendo seu papel como Presidente da República, acompanhando a decisão dos milhares de eleitores que o colocaram à frente do Palácio do Planalto. As declarações foram feitas durante uma entrevista.
“Não vejo crime algum do presidente da República. Ele está exercendo o mandato e foi eleito pela maioria dos eleitores e definiu no campo estritamente político quanto à graça implementada relativamente ao deputado. Não há desvio de finalidade.” disse Marco Aurélio Mello.
Ao ser questionado se a concessão de graça ao deputado, o ex-ministro disse que “o que começa errado, continua errado”. Para ele, o equívoco ocorreu porque a Justiça não reconheceu a inviolabilidade do parlamentar, seguindo o que determina a Constituição. “Se tivesse sido reconhecida a imunidade parlamentar, não estaríamos com essa celeuma toda, não teria havido o implemento do decreto da graça e agora temos esse questionamento que volta-se ao STF”, disse. Bolsonaro concedeu perdão ao aliado um dia após ele ser condenado por estimular atos antidemocráticos e incentivar ataques contra ministros do STF e a instituições.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Share on email
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Share on email

Destaques do dia
PUBLICIDADE
Fique sabendo
PUBLICIDADE
Promoções
Podcasts
PUBLICIDADE