OUÇA AO VIVO

Dá Gosto de Ouvir!

‘Câmara Cultural’ sobre bandas musicais, de 25 a 27 de janeiro, na Câmara de Vereadores de São João da Barra

WhatsApp Image 2023-01-25 at 14.55.46

Um passeio pela história das bandas musicais tradicionais do município de São João da Barra. É o que promete a próxima edição do projeto “Câmara Cultural”, que acontecerá de 25 a 27 deste mês, no plenário da Câmara de Vereadores. A abertura do evento será na quarta-feira (25), às 18h, com uma exposição de fotos do Centro Musical e Cultural União dos Operários e da Associação Musical e Cultural Amédio Venâncio da Costa. Na programação, consta também um bate-papo com representantes das duas entidades, além, é claro, de uma apresentação musical. A mostra ficará em cartaz nos dias 26 e 27, das 8h às 17h.

A Banda União dos Operários foi fundada em 09 de outubro de 1892. Na época, os funcionários da Estação Ferroviária queriam fazer frente à Lira de Ferro, considerada a banda musical da elite. De lá para cá, o grupo vem construindo uma bela história, realizando apresentações também em diversos municípios dos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais, além de contribuir para a formação de grande parte dos músicos de São João da Barra. Em abril de 2008, a União dos Operários ganhou o título de Patrimônio Cultural do Estado do Rio de Janeiro.

Já a Associação Musical Amédio Venâncio da Costa foi fundada em 1988, por Antônio Carlos Ribeiro Dias, para ensinar música para crianças de 5 a 12 anos. Em 1992, foi formada a banda musical, atuante em desfiles cívicos e outras apresentações. A banda e a associação seguiram em atividade até os anos 2000. Depois, alguns trabalhos pararam de acontecer. Várias tentativas foram tomadas para reerguer a associação. Em 2019, no aniversário da cidade, a banda fez um desfile de retorno. E no dia 29 de novembro de 2022, foi homenageada pela Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Janeiro (Alerj), com o Diploma Heloneida Studart 2022.

O presidente da Câmara, Alan de Grussaí, ressalta que São João da Barra possui um celeiro musical muito grande e que as bandas têm um papel muito importante neste contexto. “A cultura de um povo precisa ser sempre valorizada e esse é um dos objetivos do Projeto Câmara Cultural, que já acontece aqui no Legislativo e estamos dando continuidade. Com certeza, teremos uma noite bem agradável, mostrando a história dessas duas bandas, respeitadas, queridas por todos e que contribuem para a descoberta de novos talentos e a formação de muitos músicos”, disse.