Rede Hits FM

MACAÉ
ITAPERUNA
SJB / CAMPOS
PUBLICIDADE

Arrecadação de impostos alcança R$ 1,1 trilhão no 1º semestre, melhor resultado desde 1995

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Share on email

Arrecadação de impostos alcança R$ 1,1 trilhão no 1º semestre, melhor resultado desde 1995


Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Share on email
Impostos Brasil
Foto: Reprodução
Impostos Brasil
Foto: Reprodução

A arrecadação de impostos e contribuições federais no Brasil somou R$ 181 bilhões em junho, de acordo com informações divulgadas nesta quinta-feira (21) pela Receita Federal. O resultado é o melhor para o mês desde 1995, ano que marca o início da série histórica.

Com a atualização, o volume recebido com impostos e contribuições alcançou R$ 1,114 trilhão nos primeiros seis meses de 2022, também o melhor resultado para o período dos últimos 27 anos.

Conforme os dados, o valor arrecadado em junho representa uma alta real (acima da inflação) de 17,12%, enquanto no período acumulado de janeiro a junho de 2022 o volume saltou 11% acima do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo).

De acordo com o Fisco, o acréscimo observado no período pode ser explicado, principalmente, pelo crescimento dos recolhimentos de IRPJ (Imposto de Renda Pessoa Jurídica) e da CSLL (Contribuição Social sobre Lucro Líquido), considerando fatores não recorrentes como o decorrente de receitas extraordinárias e de desonerações tributárias de natureza temporária.

“Sem considerar os fatores não recorrentes, haveria um crescimento real de 9,36% na arrecadação do período acumulado e de 18,70% no mês de junho de 2022”, afirma o comunicado enviado pela Receita Federal.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Share on email
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Share on email
PUBLICIDADE

Destaques do dia
PUBLICIDADE
Fique sabendo
PUBLICIDADE
Promoções
Podcasts
PUBLICIDADE